Martin Almada fala sobre o golpe no Paraguai | Juventude Comunista Avançando

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Martin Almada fala sobre o golpe no Paraguai



Martin Almada é um dos mais importantes representantes do movimento dos direitos humanos paraguaio, foi presidente da Associação de Educadores de San Lorenzo. Por suas atividades políticas foi sequestrado pela polícia política da ditadura e ficou três anos e meio preso (1974/1977). Durante a década de 1980 trabalhou como especialista em educação na Unesco/ONU, em Paris (França). 


Martin Almada fala à JCA no seu V Encontro Nacional (2009)