Festival Mundial da Juventude Anti-imperialista no Equador já tem o logotipo, data e lema | Juventude Comunista Avançando

quinta-feira, 28 de março de 2013

Festival Mundial da Juventude Anti-imperialista no Equador já tem o logotipo, data e lema

Havana, 27 mar. 2013, Tribuna Popular TP. - "Juventude unida contra o imperialismo, pela paz, a solidariedade e as transformações sociais" será o lema do XVIII Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes, de sete à treze de dezembro próximo em Quito, Equador. Na primeira reunião internacional preparatória, iniciada nesta terça-feira na África do Sul, também foi aprovado o logotipo do evento, o quarto em uma país latino americano e caribenho, pois Cuba recebeu a décima primeira edição, em 1978, e a décima quarta, em 1997, enquanto que a Venezuela foi sede da número 16, em 2005.

Rosa Mireya Cárdenas, ministra dos Povos e Participação Cidadã do Equador, agradeceu à Federação Mundial de Juventudes Democráticas (FMJD) esta demonstração de confiança em seu país e a possibilidade de organizar tão importante encontro. Além disso, instou aos jovens do mundo a multiplicar a luta anti-imperialista e a globalizar a paz, a amizade e a solidariedade entre os povos, na construção comum de um futuro melhor para toda a humanidade.

Juan Francisco Torres, secretário-geral da Juventude Comunista do Equador e à frente do Comité Preparatório do país anfitrião, discutiu questões relacionadas com a garantia política e de logística, e como a pátria de Eloy Alfaro, e especialmente sua juventude, estão se preparando para o evento.

Quase uma centena de delegados de 40 organizações juvenis e estudantis nacionais, regionais e internacionais estão participando da reunião em Pretória, uma das três principais cidades da África do Sul e sede principal do XVII Festival, em dezembro de 2010.

Também terça-feira foram acordados local e data das reuniões preparatórias internacionais seguintes: na Espanha, em junho, e em setembro na Índia. Por agora, entretanto, deverá aprovar o apelo aos jovens do mundo e as linhas gerais ou eixos temáticos para discussão política no evento em dezembro a meio caminho entre o Norte e o Sul, bem na metade do planeta.

Canal Habana / RedGlobe / Tribuna Popular

Fonte: http://prensapcv.wordpress.com/2013/03/27/festival-mundial-de-la-juventud-antiimperialista-en-ecuador-ya-tiene-fecha-logo-y-lema/

Tradução: JCA