Governo do RS toma medida antipopular e reprime quem luta em Porto Alegre! | Juventude Comunista Avançando

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Governo do RS toma medida antipopular e reprime quem luta em Porto Alegre!

Nota da JCA no Rio Grande do Sul

Neste 1º de outubro de 2013, militantes políticos e sociais do Rio Grande do Sul foram surpreendidos com a atuação do aparato repressivo a mando do estado, marcando o que nós poderíamos muito bem classificar como sendo a implementação de uma espécie de estado de exceção gaúcho, devido o aprofundamento da perseguição e da criminalização de estudantes e trabalhadores por parte do governo do estado. Data da manhã e da tarde desse dia o cumprimento de 7 mandados judiciais pela polícia civil com a busca e apreensão de materiais pessoais de militantes dentro de suas residências, na cidade de Porto Alegre. Há relatos que afirmam que computadores, livros, cadernos, textos e até pôsteres teriam sido recolhidos como provas de supostos “atos de vandalismo”. Esses militantes fazem parte do Bloco de Lutas, que tem se caracterizado como um dos principais instrumentos de organização e mobilização das lutas sociais que vem ocorrendo na capital gaúcha. Além disso, as forças da repressão, tem promovido uma série de intervenções que visam desmobilizar e criminalizar aqueles que lutam por melhores condições de vida e trabalho. Assim, espaços como o Moinho Negro/Centro de Cultura Libertária da Azenha, o assentamento urbano Utopia e Luta, o alojamento do MST, a sede da Via Campesina e o Ateneu Libertário Batalha da Várzea foram vítimas dessas ações promovidas pelo estado.

Como se não bastasse, o governador Tarso Genro (PT), de forma truculenta e totalmente intransigente, tem levado a cabo a criminalização de alguns professores da rede estadual de ensino que se encontram na luta por melhores condições de trabalho e salário.

Diante disso tudo, nós da Juventude Comunista Avançando (JCA), condenamos veementemente a atuação do governador Tarso Genro e de todo o aparato repressivo de estado, nos solidarizando de forma militante àqueles que se encontram na luta pelos seus direitos e que agora estão sendo perseguidos e criminalizados.

Abaixo a repressão!

Pelo direito de organização e livre manifestação do pensamento!

Toda solidariedade aos que lutam!

Juventude Comunista Avançando