Parlamento grego vota retirada de financiamento ao partido neonazista | Juventude Comunista Avançando

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Parlamento grego vota retirada de financiamento ao partido neonazista

Atenas, 17 dez (Prensa Latina) A Assembleia Nacional da Grécia votará hoje uma proposta para retirar o financiamento estatal ao grupo parlamentar ultradireitista Amanhecer Dourado, uma vez que sua cúpula diretora e um bom número de seus membros foram processados por delitos graves.Ontem, o Comitê de Ética do Parlamento decidiu, por oito votos a um, do representante do partido neonazista, levar ao pleno da câmara a decisão de interromper a entrega de fundos públicos ao que consideraram "uma organização criminosa".

"É inconcebível que o governo, o Estado e os contribuintes financiem partidos que são acusados de organizar atos criminosos e terroristas, que tentam ocultar sob o manto de sua atividade política", assegurou o Ministro do Interior, Yianis Mijelakis, à Comissão.

Segundo a proposta que será votada hoje, para cancelar a entrega de fundos a um partido é necessário que seu presidente tenha sido processado e preso, condenado por delitos graves cometidos durante o período que esteve à frente da organização.

No caso do Amanhecer Dourado, seu líder, Nikolaos Mijaloliakos, encontra-se em prisão preventiva, acusado de ter criado uma organização criminosa, que cometeu atos graves de violência, como assassinatos, lavagem de dinheiro, roubos e agressões que deixaram numerosos feridos.

Sendo aprovada a moção, o Estado suspenderia o último pagamento ao partido fascista, que chega a 300 mil euros.

tgj/acm/es
Modificado el ( martes, 17 de diciembre de 2013 )