Paraguaios saem às ruas contra o aumento das passagens e são duramente reprimidos pela polícia | Juventude Comunista Avançando

domingo, 5 de janeiro de 2014

Paraguaios saem às ruas contra o aumento das passagens e são duramente reprimidos pela polícia


Na tarde do dia 3 de janeiro 14 jovens foram presos por participar de protestos contra o aumento das tarifas do transporte público em Assunção, capital do Paraguai, entre os presos estão o Secretário Nacional da Juventude Comunista Paraguaia – JCP, Fabricio Arnella e o Secretário de Organização, Miguel Lo Bianco. Além das prisões as forças repressivas do governo paraguaio também deixaram feridas várias pessoas e pelo menos duas foram hospitalizadas.

O transporte coletivo na capital paraguaia, como nas grandes cidades brasileiras, é um negócio de cartel que só serve aos capitalistas e ao financiamento de campanha dos políticos que autorizam contratos criminosos com os monopólios do ramo.

A repressão e a criminalização dos movimentos sociais é a prática dos golpistas, dos herdeiros da sangrenta ditadura de Stroessner e do Partido Colorado.

Desde o Brasil exigimos a libertação imediata e o cancelamento de qualquer processo contra os presos políticos!

Todo apoio a luta do povo paraguaio contra a máfia do transporte!

Juventude Comunista Avançando - Brasil